EXCLUSIVO: A Cotton Line acaba de lançar as novas toalhinhas umedecidas Baby Care!

26 de maio de 2017


Olá amigas vaidosas,

É com grande alegria e quatro anos de parceria top, que eu venho apresentar pra vocês com EXCLUSIVIDADE o super lançamento, que ganhou meu coração, e tenho certeza que vai ganhar o seu também, as mamães que me seguem. "A Cotton Line acaba de lançar as novas toalhinhas umedecidas Baby Care! não é demais???"

 
As Toalhas Umedecidas Baby Care da Cotton Line são indicadas para os primeiros meses de vida do bebê, são super macias, sem álcool e com aloe vera, que dá um cheirinho suave e muito gostoso!


Em embalagens flowpack com abertura protegida por etiqueta adesiva, nas versões 48 e 96 unidades, facilita muito o manuseio das mamães. E apresenta em três cores lindas que vai dar vontade de levar todas pra casa.


Um segredinho que eu vou contar pra vocês: "Eu uso as toalhas pra tudo, e sem falar que na minha bolsa e no carro, sempre tem uma ou duas para as emergências do dia a dia, que nós mães e mulheres passamos."


Todos os produtos da Cotton Line são dermatologicamente testados e fabricados com o maior carinho. Por isso que eu uso a quatro anos em meu filhote Samuel e em toda a família. E super indico para todas as mamães de plantão.

Espero que vocês tenham amado esse lançamento tanto quanto eu, e você encontra Cotton Line nas melhores casas do ramo.


Confira este e outros lançamentos em nosso site:

Acompanhe a Cotton Line nas redes sociais:

Facebook

Instagram


LEIA MAIS

Você também pode! – Condicionamento mental e minha estratégia para emagrecer

24 de maio de 2017

O que adianta ser magro e não sentir-se magro? Ser lindo e não sentir-se lindo?

Ter dinheiro e não sentir-se verdadeiramente rico?
Ser FORTE e não se sentir forte?
Vamos falar um pouquinho de PNL hoje, amigas?!
Vou te dar exemplos comuns do poder do Sentir: Aposto que você conhece, pelo menos 1 pessoa, que tem “mania” de doença. Aquela pessoa que vive se queixando… Vive tomando remédio e parece que gosta de doença. Passa anos procurando uma doença séria até que um certo dia, acha. “Uau que coincidência!”. Não é coincidência, a força do pensamento criou uma doença e vou além, nossos pensamentos criam a maior parte das nossas doenças. Se tomarmos uma chuvinha pensando “Meu Deus e agora? Vou pegar uma gripe!”, a chance de você realmente desenvolver uma gripe é 10  vezes maior do que quem toma chuva pensando “Ah, essa chuva não é de nada… Minha saúde é 100%!”.
Meu pai foi um belíssimo exemplo disso. Nunca vi meu pai doente. Certa vez eu conversei sobre isso com ele, disse “Pai, como pode? Eu vivo em pronto socorro, desde que mudei pra SP. Desenvolvi alergias, tenho palpitações, vivo com enxaqueca e nunca vi você doente!” e ele disse “Doença? O que é isso?!!”, ele dizia que não tinha tempo de pensar em doença.

Outro exemplo que eu vivencio muito e sempre é motivo de discussão e risadas com as minhas amigas é COMER E ENGORDAR.  O mais comum é, quando vamos comer, pensarmos em quantas calorias têm a refeição e tentarmos controlar um pouco, principalmente entre as mulheres! Esse hábito gera uma espécie de bloqueio, você emite uma mensagem negativa para o cérebro, que passa então a associar o ato de comer com sofrimento, pois você fica tensa, com sensação de culpa e pensando “vou engordar!”. O que acontece, como sempre falo, é que o cérebro também pode ser exercitado, assim como qualquer músculo do corpo, que reage ao esforço repetitivo, as nossas conexões neurais também são assim. Experimente malhar o braço esquerdo, intensamente, por 3 meses e compare-o com o direito, é óbvio que vai estar mais definido e condicionado do que o que não sofreu esforço por repetição. Desta forma funciona o cérebro com sua mente inconsciente, ou seja, aquela partezinha que grava nossas experiências, sem que precisemos dar ordem e que consulta essa galeria mental toda vez que vamos repetir tal experiência. Se a experiência foi boa, a mente inconsciente dá ordem e nosso organismos liberam as endorfinas e a serotonina, se a experiência for negativa, ela libera enzimas de estresse e adrenalina em excesso.

Desta forma também se criam os vícios e por isso, sou adepta da teoria de que é possível substituir vícios negativos por vícios saudáveis, mas falaremos disso em um outro post!
Continuando, quando você fica tensa com medo de engordar, seu organismo libera enzimas negativas, que prejudicam sua digestão, o bom funcionamento do intestino, que aliás é nele que a maior parte de serotonina é produzida no nosso corpo, e isso prejudica muito a perda de peso. Além do fator indispensável, da força do pensamento. “Eu vou engordar!”, é uma ordem ao cérebro, então, mesmo que você passe a comer exclusivamente saladas, você vai continuar engordando. Pois condicionou a sua mente inconsciente a isso. Esse fato explica porque muita gente volta a engordar mesmo depois de uma cirurgia de redução do estômago, mesmo depois de uma lipoaspiração, mesmo fazendo dietas rigorosas. Porque é preciso treinar A MENTE, minha gente! Não só os músculos.
É preciso SENTIR.

Eu nunca tive excesso de peso, sempre fui uma pessoa magra, daquelas “magras de ruim”, que comem e não engordam, e isso me prejudicou pois tenho colesterol alto e precisei de uma reeducação alimentar para entrar nos eixos.

Mas peso extra, nunca tive. E sempre falei isso para as minhas amigas, desde a adolescência.  Eu falava “coma sem culpa! Seja feliz! Calorias se perde!” e sempre pensei, mesmo antes de estudar sobre o assunto, “Eu vou comer isso, mas eu vou fazer tanta coisa ao longo do dia, que vou gastar duas vezes mais calorias.” E comer nunca foi um fardo, eu tenho muita alegria em comer, não só prazer, mas alegria e gratidão por poder comer todo tipo de alimento. Quando fui crescendo, fui pensando “Minha genética é ótima, eu realmente não engordo!” e até hoje, que já passei dos 30, penso dessa forma. Não sei até que ponto é verdade, mas sei que continuo com o meu peso da vida toda. Não fico martelando na cabeça “A idade tá chegando, vai cair tudo e eu vou ficar flácida!”. NUNCA! Tento sempre ser positiva em relação a isso *risos*. Nunca me concentrei nas calorias de uma sobremesa deliciosa e sim, em como aquela sobremesa faria meu corpo meu feliz! Durante minhas atividades físicas e na época que eu fazia academia regularmente, ao contrário das minhas amigas eu pensava “Como é fácil perder peso!” porque, de fato, acreditava nisso. Enquanto elas pensavam “Como é sofrido perder peso, eu não gosto de academia, isso é uma tortura pra mim”.  Você pode contratar o melhor personal do mercado, se a mudança não for de dentro para fora, a mudança de fora para dentro não durará muito tempo. Você tem que incorporar a ideia e desenvolver real PRAZER ao seu novo estilo de vida. Você tem que reprogramar o seu cérebro e ACREDITAR (como sempre!) que você pode, que é um processo fácil e que a época de ganhar peso ficou para trás, porque agora você sabe como funciona o seu mecanismo da mente inconsciente!

Quando você começar a mudar, você passará a se SENTIR mais leve, mais magra e aí não resta outra opção a não ser o seu corpo e o Universo, se adaptarem à sua nova realidade.

É assim que funciona, por isso que tanta gente fala por aí que o mundo começa a existir primeiro dentro de nós, e que o que vemos é apenas a exteriorização.
VOCÊ PODE passar no vestibular. NÃO é difícil. As pessoas te falam que passar em primeiro lugar em medicina na USP é *praticamente* impossível, mas o SEU cérebro não conhece essa palavra “Impossível”. Pode ser difícil para elas, mas não mais para você, que agora está ganhando inteligência emocional e treinando a sua mente consciente e inconsciente.
Vou dar-lhes uma grande dica, que eu uso muito, pratico diariamente, e me é um bom exercício tanto para ansiedade quando para felicidade.
Pegue o seu celular e grave a si mesmo falando. Fale com a sua mente inconsciente.

Eu, por exemplo, falo repetidamente “Eu sou uma pessoa de sucesso. Eu tenho uma mente brilhante.” Depois eu continuo “Eu tenho uma mente aberta. Eu tenho uma mente aberta” e sigo com “Obrigada pelo dia de hoje, os problemas de hoje já passaram, eu os enfrentei, os problemas de amanhã não chegaram, por tanto, não existem. Os problemas de amanhã, não existem.” E coloco no fone de ouvido e me deito para escutar.

Além disso, eu tenho alguns áudios baixados de meditação guiada que me ajudam a relaxar e a abrir a mente, pois meu trabalho é esse, preciso ter uma mente aberta para incorporar novos conceitos, novas crenças, e me permito mudar de ideia quantas vezes for necessário, pois eu realmente prefiro ser essa metamorfose ambulante, do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo.
Um dos áudios que mais gosto é do escritor e coach, Paul McKenna, ele tem uma metodologia de auto hipnose com projeção futura que me faz vibrar!

Fica a dica!
Acredite. Pense. Confie. Sinta.


Conteúdo retirado da apostila  “Sinto, Logo Existo – O Poder do Sentir” por Bruna Stamato
LEIA MAIS

Conheça a Soul Mulher, uma rede virtual de apoio e empoderamento feminino REAL

23 de maio de 2017



Em tempos onde basicamente tudo é digital, desde pagamentos à DR´s amorosas, é cada vez mais comum encontrarmos grupos no Facebook e Whatsapp, sobre diversos temas, como emagrecimento, maternidade, times de futebol, dicas de beleza e o que mais a imaginação permitir. Mas, o que andamos esquecendo, é que grupos virtuais não oferecem geralmente APOIO, suporte e ajuda REAL. E desta forma, vamos vivendo nos nossos mundos individuais e paralelos à realidade, enquanto nossas vidas ficam cada vez mais solitárias e pesarosas.
E em meio à esta plena ebulição e expansão do Universo virtual e suas galáxias, nasceu a Soul Mulher - Uma rede virtual de apoio, empoderamento e ajuda REAL. Uma rede com alma feminina...feita por mulheres e PARA mulheres!




O intuito

Promover mudanças significativas na vida de mulheres, principalmente mães, que constantemente se veem dependentes, tanto emocional como financeiramente. Oferecer chances para o real EMPODERAMENTO destas mulheres, através do estímulo da sororidade e tudo isso feito com muito AMOR real.
Queremos trazer conteúdo relevante e desenvolvido por profissionais de diversas áreas, oferecendo desta forma apoio efetivo e afetivo.
Contamos com ajuda voluntária de advogadas; psicólogas, coaching em diversos segmentos e principalmente relatos e ajuda de mães e mulheres reais.


Como funciona
A Soul Mulher é um grupo no Facebook, onde a participação se dá mediante aprovação de moderadoras ou convite de participantes do grupo, todo conteúdo postado é privado, não sendo possível o compartilhamento externo e a visualização por usuários que não sejam parte do grupo. 
Por lá podemos ver vagas de trabalho anunciadas, desabafos e muita troca de informação, além de ser permitida a divulgação de serviços e produtos para venda/troca/doação. 
O grupo é totalmente gratuito.


Projetos para 2017
Com o crescimento da rede, vem junto as parcerias. Um dos principais projetos da Soul Mulher é firmar parceria com empresas que ofereçam descontos exclusivos em produtos/serviços para as participantes do grupo, pois a Soul Mulher visa facilitar o acesso à condições melhores de vida e inclusão em um contexto social produtivo. 
Além disso, as organizadoras têm planos para realização de eventos presenciais e rodas maternas, com palestras e cursos gratuitos.
A plataforma digital promete estar funcionando em breve e com isso, essas palestras e cursos também serão oferecidos gratuitamente em modo online, e haverá a parte de "Vitrine" também, onde as usuárias cadastradas poderão anunciar seus produtos para venda, como uma espécie de e-shopping.

Criação de conteúdo próprio
A Soul Mulher está sempre de olho nas notícias e no que está rolando no mundo, por isso sempre compartilha links e matérias interessantes de outros sites e blogs, mas é muito importante ressaltar que a rede possui criação própria de conteúdo, através das redatoras e das colaboradoras que atuam diariamente, garantindo um conteúdo diversificado e atual para acompanhar as necessidades da mulher moderna.

Liberdade de expressão 
Qualquer participante do grupo pode postar conteúdo e divulgar links pessoais, desde que seja totalmente inserido no contexto geral do grupo.
Por tanto, se você está passando por uma fase turbulenta, anda desanimada ou precisa tirar uma dúvida jurídica, por exemplo, pode elaborar seu post e publicá-lo que logo em breve você será respondida!

Curtiram a ideia?!


http://www.facebook.com/redesoulmulher
Bruna Stamato
Co founder RedeSM
www.facebook.com/redesoulmulher





LEIA MAIS


Subir

Siga a gente no Instagram @MaeVaidosa