Mãe sem crise: Dicas de especialistas para administrar melhor o seu dinheiro

31 de janeiro de 2017

Olá mães vaidosas! Quais foram as promessas para 2017? Já começaram alguma?! Aposto que entre as promessas de ano novo estão: DIETA e DINHEIRO! Acertei?!! *risos*
De dieta a gente fala bastante aqui no MV, então que tal falarmos um pouquinho de economia?! Parece matéria chata de faculdade né, mas mão precisa ser!
Eu confesso que já faz um tempo que venho tentando ser mais organizada com as finanças, e li bastante coisas sobre o assunto. Separei as melhores dicas de especialistas, dicas simples, que podemos começar hoje mesmo!
 Não importa se você é autônoma ou assalariada, acho que por sermos mães, acabamos sempre tendo algum tipo de gasto extra e quase sempre esse gasto faz diferença para fechar as contas no final do mês, principalmente janeiro, que é tenso por conta do material escolar e porque acabamos de sair dos presentes de Papai Noel! Então, o grande lance é PLANEJAR, já que não dá para PREVER! Vamos lá?! Quem se anima?! Vou montar um grupo para trocarmos informações e controlarmos o impulso consumista haha!! Pegue papel e caneta ou abra seu Word:  

1. Registre todas as suas despesas: Como você pretende controlar suas finanças se você não sabe exatamente o quanto gasta por mês? Este é o primeiro passo para quem quer começar a fazer seu controle financeiro. Para ajudar nesta tarefa, você tem duas opções: Guardar todas as notinhas de gastos, incluindo as dos cartões de crédito e débito e anotar cada uma das suas despesas em uma planilha ou caderninho, ou escolher uma ferramenta de controle financeiro como o GuiaBolso, que puxa todas as suas movimentações bancárias automaticamente em menos de dois minutos. Outro app ótimo para te ajudar a controlar o bolso é o Expensify, que permite que você fotografe as suas notas e as salve na galeria, além de somar tudo pra você e te dar uma estimativa de gasto mensal.  

2.Pague suas contas no mesmo dia: Mude a data de vencimento de todas as suas contas fixas para logo após o dia em que cai o seu salário, se possível. Assim fica bem mais fácil se organizar. O dinheiro entra, você já paga tudo o que deve e fica na conta apenas com o dinheiro necessário para passar o mês.

  3.Guarde 10% de tudo que ganhar para investir Existe um ponto de vista defendido por muitos bilionários e pessoas bem sucedidas financeiramente, que é o seguinte: “pague a si próprio primeiro”. Antes que alguém use a frase como desculpa para dar calote nos outros, é bom explicar melhor. A ideia é que você separe pelo menos 10% do que ganha imediatamente, antes mesmo de olhar para as contas ou itens de lazer. Entrou R$ 100,00? Separe R$ 10,00 agora mesmo para investir! Essa atitude, além de garantir a construção de patrimônio, cria um hábito financeiro muito saudável. E não pense que você vai morrer de fome por separar 10% do dinheiro que ganha. Muito pelo contrário: às vezes, começar o mês um pouco mais apertado obriga você a ser criativo, seja na hora de poupar ou na hora de criar oportunidades que gerem novas receitas. Vale a dica: Esse dinheiro deve ser investido, e não simplesmente “separado”. É importante que você faça esse valor render, amanhã, daqui 3 meses ou 1 ano, não importa, o importante é ter isso como meta e focar.

  4.Previna-se se sua renda for variável: Profissionais autônomos e liberais costumam ter dificuldade em planejar sua renda mensal, que varia bastante. A dica é olhar para os últimos 12 meses e identificar a renda máxima, a mínima, a média e a sazonalidade (os meses em que você costuma ganhar mais e menos) e anotar tudo! De preferência, os gastos essenciais para o dia-a-dia devem caber na renda mínima. Nos meses em que ganhar acima da média, mande a diferença para a poupança. Exemplo: Renda mínima de R$ 3 mil, renda máxima de R$ 5 mil e renda média de R$ 4 mil. No mês em que você ganhar R$ 4,5 mil, deve enviar R$ 500 para a poupança.  

5. Dê férias ao cartão de crédito: O grande problema do cartão de crédito é que nos da a falsa impressão de que temos uma renda maior do que na realidade. Dessa forma, uma boa estratégia para quem está aprendendo como economizar dinheiro é tirar o cartão de crédito da carteira por alguns meses e pagar tudo à vista. A gente sabe que na teoria tudo é lindo, mas na prática, a coisa é bem diferente, então, se não conseguir se livrar de vez do cartão, tente, ao menos, reservar uma cota mensal para gastos o para ser usada em emergências e tente não parcelar em muitas vezes a compra. Quanto menos parcelas, melhor, inclusive pelos juros.  

6. Se não conseguir aposentar o cartão, utilize os programas de recompensa: A essa altura do campeonato, você já deve ter dado umas férias para o seu cartão de crédito, mas se você realmente abusou dele nos últimos meses, o lado positivo é poder colher os frutos agora. Confira o número de pontos acumulados no programa de recompensas vinculados ao seu cartão. Você pode encontrar no catálogo algum produto de que esteja precisando e, ao resgatar os pontos, não precisará gastar com isso. E se ainda não possui um cartão fidelidade ou um programa de milhagens, por exemplo, a hora é agora! E fique de olho no seu banco, muitos cartões de bancos dão descontos em cinema, livrarias e restaurantes selecionados, uma boa estratégia para economizar no lazer, que costuma ser bem caro.  

7. Use cupons: A oferta de sites de compras coletivas, que oferecem cupons para restaurantes, programas culturais, viagens e tratamentos estéticos é enorme. Comece a frequentar portais para ficar a par das promoções e aproveitar as ofertas. Uma boa opção é o SaveMe, que reúne ofertas dos principais portais de cupons.  

8.Por que comprar se você trocar e por que "novo" se você ter semi novo?! Toda mãe sabe que um dos grandes vilões do orçamento de começo de ano é a lista de material escolar. Os pequenos querem mochilas novas, lancheiras...tem que comprar agenda, estojo, lápis de cor e mais uma infinidade de itens que as escolas pedem. Que tal negociarmos esses itens? Uma boa opção tem sido os grupos de "bazar" do Facebook, você pode localizar um grupo da sua cidade, tem inclusive, muitos específicos para crianças, a nível nacional, onde oferecemos e pechinchamos tudo que temos direito. Você pode trocar a mochila e lancheira do ano passado com alguma mamãe e deixar seu filhote feliz da vida, já que as crianças não tem essa noção de "Novo" ou "usado", tudo pra eles é novidade e é isso que interessa! Claro, que as crianças mais velhas já sabem escolher bem o que querem e geralmente optam por personagens ou marcas "X" porque os amiguinhos têm, é moda, enfim, nesse caso, vale pesquisar pelo item escolhido e negociar o precinho! A gente ainda consegue negociar com produtos/serviços como "pagamento", por exemplo, se a mãe faz etiquetas personalizadas para festas, oferece o serviço pelo item da outra mãe e assim por diante, não, necessariamente, com dinheiro vivo e esta é a grande vantagem!

9.Pesquise
 Pesquise não só preços como também vantagens e promoções junto ao seu banco. Os bancos oferecem várias opções de investimento a partir de R$ 39,90 por mês, como títulos de capitalização. É interessante porque ao mesmo tempo que você está poupando, de uma forma segura, você está concorrendo a sorteios mensais e pode ser contemplada! Se não for, depois de 12 ou 18 meses, você já pode pegar seu dinheiro de volta, corrigido. Até mesmo os cartões de loja, como os da Renner e C&A, oferecem diversos planos e benefícios para os sócios, como convênios dentários, seguros saúde e seguros anti- furto. Você sabia?! É sempre bom ficar de olho!  

10. Faça um cofrinho: Todos os dias, guarde todas as moedas da sua carteira em um cofrinho. Parece coisa de criança? Mas não é! Dessa forma, sem muito esforço, você terá mais um dinheirinho extra daqui a alguns meses. Afinal, dinheiro sempre é dinheiro!


Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Facebook
Comente com sua conta Google+

0 comentários:

Postar um comentário

Eu fico muito feliz com o seu comentário.
Gentileza gera Gentileza.
Deixe o link do seu blog para que eu possa visita-la também.
Andréia Sales



Subir

Siga a gente no Instagram @MaeVaidosa