#FigurinhaKinder Seu filho pode ser capa de #KinderChocolate Meu Filho é uma Figura

21 de agosto de 2015

Olá amigas vaidosas,

Hoje eu venho trazer pra vocês uma super novidade que a Kinder Chocolate está lançamento uma super promoção: Meu Filho é uma Figura. É uma super oportunidade para seu filho se tornar capa do Kinder Chocolate. A marca do Grupo Ferrero oferece essa oportunidade por meio da promoção “Meu Filho é uma Figura Kinder”, que seleciona quatro crianças para estampar as novas embalagens de quatro e oito barrinhas a partir do próximo ano.
Nós recebemos a caixinha promocional e Samuel ficou maluquinho ao ser sua carinha estampada na caixinha. É uma alegria que não tem preço. Nós já estamos participando da promoção e torcendo muito.
Uma nova carinha para Kinder Chocolate. A marca vai escolher 4 carinhas brasileiras para estamparem as embalagens. Então corre lá no site da promoção e cadastre logo seu filhote.
KINDER® CHOCOLATE é feito com o delicioso chocolate Kinder® com recheio ao leite. Com 32% de leite, vem na porção ideal para a criançada. Disponível na embalagem individual, ou nas embalagens com 4 ou 8 unidades.
Kinder Chocolate está presente no mundo todo há mais de 45 anos e oferece a pais e filhos deliciosos chocolates ao leite, sem corantes nem conservantes, que derretem na boca. A marca entende que felicidade e alegria são elementos fundamentais para o crescimento de um criança, por isso investe em ações que promovam momentos especiais em família. Kinder Chocolate pode ser encontrado nos pontos de venda ao preço médio sugerido de R$ 1,00 a unidade, R$ 3,29 a embalagem com 4 barrinhas ou R$ 6,54 com 8 barrinhas.
A promoção Meu Filho é Uma Figura vai premiar as 40 figurinhas mais votadas e escolher 2 meninos e 2 meninas para estampar as novas embalagens de Kinder Chocolate. Corre logo, mamãe! 
LEIA MAIS

#PetiteBox especial #MaeVaidosa

20 de agosto de 2015

Olá amigas vaidosas,


Hoje eu vim mostrar pra vocês a linda caixinha do Blog Mãe Vaidosa em parceria com a PetiteBox Brasil. Uma caixa especial da Mãe Vaidosa para as crianças que adoram brincar e se sujar.
Com uma seleção de produtos de produtos especialmente pensando nas crianças e nas Mães Vaidosas para otimizar os eu tempo com os filhotes.

Uma Caixinha especial da Mãe Vaidosa para as Crianças que adoram brincar e se sujar
Copo de Treinamento Nuk First Choice, auxilia na transição da Mamadeira para o Copo
Lysoform Primo Sabonete Líquido Antibacteriano Amêndoas
Vantage Baby da Bombril, Pré Lavagem
Dettol Bactericida Spray com Cheirinho de talco, mata o vírus da Gripe.
Gys Craiola, diversão garantida
Toalhas Umedecidas Tom & Gerry Topz higiene diária do Bebê, muito mais suave.
Pelúcia Yellow

Para comprar a sua caixinha especial Mãe Vaidosa é super fácil basta acessar o link abaixo. Compre já a sua por apenas R$60,70 Presente Maternidade Mãe Vaidosa
http://petitebox.com.br/blog-da-m-e-vaidosa-ago.html

LEIA MAIS

Meu pós parto

Minha cirurgia foi ótima, não senti nenhuma dor nem a sensação de estarem mexendo na minha barriga. a unica coisa que senti foi quando tiraram Samuel, parece que ele esbarrou na minha costela.

Samuel nasceu as 13:34, fiquei mais uns 20 minutos para finalizar os pontos e logo terminou já fui para o quarto, com Samuel e tudo. Ainda não tinha passado o efeito da anestesia e já estávamos todos juntos. Eu, Samuel, Sandro e minha mãe. Os tres babando a cria. Ele era lindo demais.

Foi a maior emoção da minha vida. Que alegria, ver que tinha dado tudo certo. Que ele era tão perfeitinho, saudável, a minha benção de Deus. 

O inicio foi muito dificil. Sempre li que as mães se emocionam muito, faziam aqueles relatos maravilhosos. Mas no meu caso não foi assim. Quando Samuel chegou no Quarto estava tentando processar tudo que tinha acontecido. Eu estava bem, mas já estava um pouco cansada daquele soro. Durante o parto perdi a conta de quantas bolsas foram trocadas do soro. A velocidade dos pingos eram enormes. Não me passaram sonda e eu com todo aquele líquido no corpo, só inchando cada vez mais. Juro que não tive animo de pegar meu filho no colo. 

Só fiquei olhando pra ele e tentando assimilar que ele era mais um novo membro da família. O meu grande e verdadeiro amor estava ali, no berço, do meu lado. e Eu sem reação nenhuma.

As poucos essa sensação foi passando e eu quis ver meu filho de pertinho, se era perfeitinho. beijar e abraçar e dar muito carinho pra ele.

Tive alta com 30 horas apos a Cesárea e fomos pra casa. Cheguei em casa, foi muito traumático pra mim. Não parava de chorar um minuto. Fiquei assustada com a nova situação. Tinha medo de tudo, de não dar conta de cuidar do meu Samuel.

O leite demorou a descer, me senti uma inútil. Todo mundo querendo encher o menino de Nan e eu inconformada, é uma sensação horrível ver seu filho chorando de fome e você não ter leite. Quando felizmente o leite desceu eu não tinha bico pra ele pegar. Foi uma luta. Resultado hoje estamos nos entendendo bem com a amamentação e com o Nan.

Minha GO disse que é normal essa tristeza, que era pra eu não me sentir uma super mãe. Que iria dar tudo certo e me preocupar com meu anjinho. Graças a Deus a recuperação da minha Cesárea foi ótima. Nao sei o que é sentir dor. O Tempo todo que estava no hospital recebi analgesia. E foi tupo perfeito. Em casa tomei antibioticos e remédio pra dor durante7 dias. Foi tudo tranquilo.

Samuel mudou toda a minha vida, é o amor mais verdadeiro que existe.

Sou a mãe mais feliz do mundo !!! Tenho uma família abençoada, meu marido é maravilhoso. Me ajuda com todos os cuidados com Samuel. É um pai maravilhoso !!!

Com 15 dias 

 Com 2 meses
com 3 meses
com 4 meses
Samuel com 7 meses e meio



Quero agradecer a todas as minhas amigas que ganhei ao longo do caminho. Vocês tornaram a minha vida muito mais simples. Me tornei uma mãe virtual de verdade com todas as informações que trocávamos neste espaço.

E hoje está sendo muito mais fácil criar meu pequeno. E o maior presente que tenho é ter a companhia de vocês acompanhando o desenvolvimento do Samuel e eu acompanhando vocês todas e seus bebês.

Quero dizer que cada uma tem um cantinho especial no meu coração. Todas nós somos SUPER MAMÃES !!! 

Amo todas vocês e esses bebezinhos maravilhosos !!!

Muito obrigada pelo carinho e compreensão ...
LEIA MAIS

Relato do parto do SAMUEL

19 de agosto de 2015

Assim que se confirmou a gravidez comecei a ler tudo sobre bebês, gestação e encontrei a algumas comunidades sobre gravidez e fiz várias amizades. Conheci dois anjos a Bruna de Porto Seguro e a Guísella, de Porto Alegre, que por incrível que pareça, faz aniversário no mesmo dia que eu. E outras tantas, que não vou citar nomes, senão esse relato não acaba. rsrsrs

Bruna morava na mesma cidade que eu, outra incrível coincidência, e começamos a trocar figurinhas, até ela descobrir que minha GO não era das melhores, e me alertou pra trocar imediatamente, me passou relatos em jornais sobre ela, um horror.

Fiquei com aquilo na cabeça, confiava na minha GO, mas pensei, se algo der errado, vou ouvir a célebre frase: EU TE AVISEI !!! Então resolvi trocar e estou super feliz com minha médica agora. Pois a antiga era curta e grossa kkkkk

No segundo pré Natal Sandro já foi comigo, disse que estava com medo, mas foi assim mesmo. Ficou alucinado com a Eco, vendo seu filho mexendo, dando tchauzinho, uma emoção só e ele já com 12 semanas. Fizemos a TN e tudo normal, nas ainda não vimos o sexo. Agora ele me acompanha a todas as consultas e fica babando com o filhote.

Não quis comprar nada pro bebê enquanto não sabia o sexo. Estávamos ansiosos e com 16 semanas ouve a grande revelação MENINO. Fiquei logo aflita pra escolher um nome, ai foi aquela confusão, eu gostava de um, ele de outro, ai chegamos num acordo SAMUEL (presente de Deus).

Escolhido o nome começamos os preparativos para aguardar a chegada do nosso Samuel.
Viajei pra Belo Horizonte pra comprar todo o enxoval.
Arrumamos tudo.

Meu marido é uma pessoa muito especial na minha vida.

Desejou e sonhou comigo o tempo todo, super companheiro. Me acompanhava em tudo, no pre natal, nos preparativos, nas compras. Um paizão.

Com tudo pronto era só aguardar a chegada do meu bem mais precioso, meu Samuel. Roupinhas foram lavadas com todo carinho, o quartinho decorado com motivo de Safari, quando completei 33 semanas estava tudo no devido lugar. Inclusive a Mala da Maternidade prontinha para o grande momento. 
Só faltava ele pra encher de alegria a minha casa !!!



Bom vamos ao que interessa ...

Todas acompanharam meu drama pra tentar adiar um pouco mais o parto de Samuel.
De repente quando fiz a consulta do pré natal em 27 de novembro com 35 semanas descobri que estava com a pressão muito alta, minha GO ficou muito preocupada e receitou medicamento para baixar e começamos a monitorar meu bb todos os dias.

Foi muito angustiante essa fase, pois o bb ainda não estava pronto pra nascer.
Minha pressão não baixou, o bb parou de ganhar peso.
Estava fazendo acompanhando todos os dias e ainda trabalhando.

Quando foi dia 12 de dezembro minha GO achou melhor me colocar de licença para eu poder repousar e ficar mais tranquila pra tentar levar o parto até o dia 28 de dezembro.
Então fiz monitoramento dia 13, 14 e tudo estava na mesma. No dia 15 minha GO resolveu fazer logo o parto e disse que seria dia 16/12 bem antes da dpp que era 04/01. Então com 37 semanas e 2 dias foi marcado o PC.
Foi uma correria louca.

Eu nos preparativos, tinha que fazer unha, depilação, arrumar o cabelo, ae fiquei muito estressada rsrsrs
Resultado: não deu tempo para o cabelo, mas isso era o que menos importava.
As coisas já estavam todas prontas, a mala da maternidade, as roupinhas e o quartinho de Samuel.
Ainda tinha um detalhe minha mãe, a viagem dela era pra dia 16.
Eu estava muito preocupada pois minha mãe ainda não tinha chegado.
O voo atrasou, chegou as 3 da manhã, fomos busca-la no aeroporto e eu internei as 09 horas da manhã.
Me colocaram no soro. Eu graças a Deus estava muito tranquila.não sabia ainda a hora do parto, então aproveitei e fui curtir com minha mãe e maridão os ultimos momentos da minha barriga.

Incrivelmente, estava feliz e muito tranquila. nem parecia ser eu rsrs
As 12:30 foram me levar para o bloco cirurgico ...
Estava apreensiva, pois em instantes ia conhecer meu bem mais precioso.

Fiquei uns 30 minutos esperando começar os preparos para o PC.
Enfim minha medica chegou , me senti mais segura.
Então veio o anestesista, me explicou os procedimentos e quando achei que ia levar
a picada da anestesia ele ja me mandou deitar,dizendo que ja tinha terminado.... como assim????? Eu não senti nada.

Minhas pernas começaram a formigar.
Passaram um liquido gelado na minha barriga e eu senti o friozinho, fiquei preocupada,com medo de sentir o corte.
Eu a todo instante perguntava pelo meu marido. E nada dele entrar.
Quando eu achei que ia começar a cirurgia minha medica disse: Vai Buscar o pai que ja vai nascer. E eu não senti nada.

Quando Sandro entrou minha unica preocupaçao foi sorrir pra ele pra mostrar que estava tudo bem comigo. Pois ele custou a aceitar a ideia de assistir o parto. Estava com medo de passar mal.
Ele tirou várias fotos e filmou tudo.

Momento tenso !!!
Esperando ansiosa a chegada do meu princepe ...


Não demorou nem 3 minutos e Samuel nasceu, não chorou. Ele foi logo pra pediatra fazer os procedimentos. Foram os minutos mais longos da minha vida, pois não ouvi nenhum barulho dele. Ae os aparelhos começaram a apitar. Foi minha pressão que subiu, de tanta preocupação. Depois a pediatra me mostrou ele rapidamente e levou para outra sala.

Sandro foi junto. Depois de algum tempo escutamos o choro mais lindo do mundo. Que alivio. Estava tudo bem.Samuel nasceu com apgar 7/9


Minha maior preocupação sempre foi o fato dele nascer com 37 semanas e não ter UTI Neo na minha cidade.
Então tínhamos que rezar muito pra não dar nada errado.

E assim nasceu o maior presente da minha vida, amor incondicional.

Samuel chegou as 13:34 do dia 16/12 com 46,5 cm e 2,750 kg.
Super saudável !!!

Momentos de grande tensão.

Esperando o tão sonhado choro do meu Samuel.


Chegando no quarto.
Ficou o tempo todo comigo e com minha família no quarto.
Foi mágico !!!



 
LEIA MAIS

A história dos pais do SAMUEL

18 de agosto de 2015


Olá Amigas Vaidosas,

Estarei em férias na segunda quinzena de agosto e resolvi relembrar alguns posts antigos que foram publicados no comecinho do blog e que pouca gente viu. E pra começar vou contar a minha história de amor até a chegada do Samuel. Quem quiser acompanhar, reserve a pipoca e o Guaraná que lá vem história:

Filhos nunca estiveram nos meus planos.
Que frase forte pra se começar uma história, mas essa era a minha realidade.
Nasci em Belo Horizonte, sou filha única e muito independente.
Comecei desde cedo a lutar por minhas coisas sozinha, se quisesse algo, tinha que correr atras eu mesma pra conseguir.
Assim foi, consegui meu primeiro emprego, um namorado ( que virou marido, que não queria nem ouvir falar em filhos, até hj kkkkkkk que virou ex ... ). Veio a faculdade, mudanças de emprego. Enfim em 2000 me formei pela PUC-MG em Ciências Contábeis e me casei, depois de 9 anos de namoro com 24 anos. Felizmente (agora penso assim) não deu certo, me separei e as voltas que a vida dá, em 2003 vim parar em Porto Seguro na Bahia, para trabalhar, um paraíso onde vivo bem, com qualidade de vida.
Chegando aquia vida era ótima, muito trabalho, sem domingos e feriados, e horários, me divertia muito também, festas e mais festas, praia nos dias de folga, enfim, uma vida de baladas, grana e muita diversão. Sem falar no Carnaval que é um capítulo a parte rsrsrs

Mas vamos ao que interessa mesmo.

Depois de algumas desiluções amorosas encontrei na Bahia o grande amor da minha vida.
Acreditem, conheci ele no orkut. Ele me adicionou através de um amigo em comum.
Todos os dias trocávamos aquelas mensagens bobinhas. Até que ele tomou coragem e me adicionou no msn. Eu aceitei e todos os dias as 8 horas da manhã ele me dava bom dia e só rsrsrs. Achava que homem bobo. Só diz bom dia.
Um belo dia aconteceu que ele estava chateado e começamos a conversar e ele logo disparou que tinha namorada e estavam juntos a mais de 6 anos. Perdi o interesse na hora kkkkkkkkkk
Virei uma amiga virtual e conselheira, seu nome é Sandro, ele vinha com aquele papo furado que o namoro não tava bom, que eles brigavam muito, papo de homem, que ninguém acredita mais ... que ela queria casar e ele não ... e eu dando corda pra ele... ia provocando ... convidando pra almoçar, chamando pra um choppinho depois do trabalho e ele nada, só desconversando. Ele respeitava a namorada (incrível essa parte).
Depois de uns 3 meses nesse bate papo, um belo dia, numa segunda feira, ele me chama no msn e diz que ela tinha terminado o namoro que ele estava muito triste. Pensei golpe fatal pra mim, não acredito nisso. Passaram-se 2 dias e ele, do nada, disse que queria me conhecer e me convidou pra ir (acreditem se quiser) num campeonato Internacional de Junior de Futebol de campo no Estádio Municipal da cidade. Achei interessante e aceitei na hora ... já estava muito curiosa pra conhecer esse homem rsrs
Foi amor a primeira vista e não nos separamos mais.
Depois de 3 meses de namoro ele simplesmente me pediu em casamentooooooooo
Estávamos almoçando no mercado modelo em salvador, com uma vista maravilhosa, para a Ilha de Itaparica e eu desabei a chorar ...

Como assim ??? como tomar essa decisão tão rapidamente assim ??? E os medos ??? Pirei ... e se essa fosse minha última chance ???? Respirei fundo e soltei a pérola, ainda é muito cedo ... vamos continuar assim e depois a gente vê o que faz ... vi a cara de decepção dele.
Namoramos, a cada dia minha admiração por ele aumentava, nos dávamos super bem e em outubro resolvi ir morar com ele. E deu super certo ...
Um ano depois resolvemos nos casar em 2009 e ele logo me pediu um filho, disse que estava com 31 anos e eu com 34 e ele já estava velho e ainda não tinha feito um filho, imagina rsrsrs
E eu que nunca tinha pensado na idéia de gerar uma criança, me rendi e disse agora vou tomar coragem e ser mãe.
Ae pensei páro com o anti bb e no mês que vem, mágica ... estou grávida ... simples assim. Ae começou o sofrimento todo mês aguardávamos anciosos e nada. A monstra sempre vinha. Ele todo dia me cobrando e eu me sentindo pressionada.
Como o bb não vinha, resolvi sair do emprego, estava muito estressada achei que isso estava atrapalhando. Mesmo assim não engravidava. Fiz todos os exames, e sempre todos os resultados normais. Então disse, está nas mãos de Deus, quando ele achar melhor, meu filho abençoado virá.
Ae fiquei em casa, 4 meses sem trabalhar, fui ficando cada dia mais estressada, de não fazer nada, e o tão sonhado POSITIVO não vinha.

Resolvi procurar emprego, não aguentava mais aquela agonia, precisa trabalhar. E mandei vários curriculuns e com uma hora recebi uma ligação do meu patrão me convidando pra trabalhar. Como eu estava de viagem marcada pra Belo Horizonte, iria visitar a minha mãe no feriado de páscoa, marcamos uma entrevista pra abril quando eu voltasse de viagem.

Então cheguei de viagem no dia 10 de abril e comecei a trabalhar no dia 19. Nem lembrava mais do meu projeto BB a Bordo. E foi que no dia 30 cadê a monstra ???????
Meu Deus, juro que fiquei preocupada com emprego, e foi um misto de emoções, será ??? que estou grávida ??? ae não tive coragem de fazer o teste e continuei a trabalhar feliz da vida. Sandro todos os dias me pressionando pra saber se algo diferente tinha acontecido. E eu nada de coragem de fazer o teste.
Foi então que no dia 18 de maio tomei coragem e lá fui eu marcar uma consulta com a GO pra ver o que estava acontecendo, pois já tinha 18 dias de atraso.
Ae ela ligou o aparelho da Eco e logo vi essas Imagens e a Dra disse parabéns Mamãe.

Eu fui na consulta sozinha e cheguei em casa as 19 horas com o laudo da Eco nas mãos e meu marido já foi abrindo o portão e perguntou e ae, trouxe o pedido do exame de sangue pra fazer?


Eu desci do carro, entrei em casa séria e disse: Olha a foto do seu filho ae.
Pensa num homem que ficou branco kkkkkkkkkkk todo emocionado olhando o laudo.


Pra não ficar muito longo, vou fazer um novo post com o relato do parto.
LEIA MAIS

Em tempos de Crise ensinando Educação Financeira para os pequenos

17 de agosto de 2015

Quando você era criança recebia mesada dos seus pais? Você dá dinheiro para seu filho? Já pensou qual é o melhor momento para começar a ensinar valores financeiros para crianças?

Pois é, nós mamães somos sempre inundadas de muitas dúvidas e, quando o assunto são finanças, dá um nó na cabeça da gente mesmo!

Fico pensando sempre qual é o melhor momento para começar a abordar esse assunto com meu filho Samuel, que vai fazer quatro anos. Ele acha que o cartão de crédito é algo mágico, que paga tudo o que ele comprar. É como se fosse um caminhão cheio de dinheiro, e ele pode chegar e simplesmente levar tudo o que quiser. Seu filho também é assim?

Eu sou contadora e acho que Educação Financeira vem de berço. Assim que que eles demonstrarem alguma noção de números e quantidades, podemos introduzir, de uma forma lúdica, brincadeiras que incentivem nossos filhos a comprar e descobrir o real valor do dinheiro. Não é uma tarefa fácil, mamães, mas podemos começar de um jeito simples e sem pressa.
Ensinando Educação financeira
Aqui em casa, começamos a despertar esses valores com a compra de um cofrinho para o nosso pequeno. Foi um momento divertido, em que ele mesmo foi à loja escolher o seu, e claro que ele se encantou com o porquinho.

Já em casa, expliquei que ali seria o lugar onde ele iria guardar as moedas que ganhasse e que poderia no futuro comprar qualquer brinquedo que ele quisesse. Meu objetivo inicial era ensinar que ele poderia juntar algum dinheiro e comprar algo que ele quisesse muito. Claro que ele não tem noção de quantidade, acha que uma moedinha pode comprar qualquer coisa, mas assim vamos introduzindo o conceito de guardar, economizar e comprar.

Para tornar mais fácil a compreensão do nosso pequeno, achamos melhor que ele tivesse uma mesada, e que ela fosse entregue em forma de moedinhas todas as semanas, pois um mês é muito tempo para a capacidade de assimilação da criança.

O segundo passo foi definir o valor dessa mesada, eu e o pai dele achamos melhor fixar em cinco moedinhas de um real, para que pudesse ser um número bom de moedas e ele pudesse fazer a separação dos valores.

A ideia inicial era que ele guardasse uma parte das moedas no cofrinho e outra parte ele deixasse livre para a compra de algo. E assim foi feito.
Educação financeira para crianças
Toda segunda-feira ele ganha suas moedas e coloca no cofre. No início foi uma grande festa. Ele colocou todas no cofrinho e ficou balançando. E, como gostou da brincadeira, queria as moedas de volta para colocar novamente. Então explicamos que ele só poderia retirar as moedas quando estivesse cheio e ele já soubesse qual brinquedo iria querer comprar.

Acham que foi fácil? Não, mas com persistência ele entendeu o recado.

Um ótimo lugar para exercitar a educação financeira é na escola. Ele sempre leva seus lanches, mas uma vez por semana é permitido comprar o lanche. E mais uma vez vamos falar sobre o cofrinho: como o lanche na escola custa três reais, ensinei a ele que poderia guardar duas moedas e deixar as outras para levar à escola e comprar seu lanche.

É algo simples, sabem, mamães, mas o deixou tão feliz, e ele se sentiu tão importante.

Pois até então quem pagava as contas eram sempre o papai e a mamãe. Agora ele fazia parte do processo e estava inserido nas responsabilidades financeiras da família.

Nossa próxima etapa será por volta dos seis anos, quando ele começará a alfabetização. Teremos um diário de anotações, onde ele poderá fazer seus cálculos financeiros, anotando tudo por lá.

E assim começamos, em casa, a ensinar pequenos valores financeiros ao nosso Samuca. Espero que esses ensinamentos prevaleçam com ele por toda a vida e que ele sempre se lembre que, para conquistar todos os seus sonhos, é preciso se organizar, planejar e economizar.

E esses ensinamentos valem para nós papais também. Já abri uma poupança para garantir o futuro do garotão e custear seus estudos. Um pouquinho por mês, economizando, papai e mamãe, e já fará uma grande diferença em seu futuro. E quando chegar a hora ele terá a oportunidade de escolher qual caminho e qual profissão seguir.

E vocês, mamães, já começaram a falar de educação financeira para os filhotes? Contem tudo pra mim, toda ideia é sempre muito bem-vinda.
LEIA MAIS

Objetos de decoração #AnimalPrint fazem sucesso no site H2H

16 de agosto de 2015

Olá Amigas Vaidosas

A tendência da estampa animal print, que continua em alta nas roupas e acessórios, agora também pode ser vista na decoração de ambientes. A reprodução de pele de animais como onça, zebra, girafa, cobra, crocodilo e vaca aparece estampando peças e objetos variados. Os sofás, cortinas, tapetes, quadros, roupas de cama e banho e até mesmo em cerâmicas para pisos, papéis de parede e utensílios domésticos podem entrar na moda.
H2H
Assim como nas roupas, o animalismo dá charme para a decoração, deixa o ambiente mais chamativo e ao mesmo tempo aconchegante. Se você gosta de uma decoração ousada, porém cheia de estilo, a decoração animal print é uma ótima sugestão.

Os bichos podem se destacar em qualquer lugar. A estampa deixa a sala de estar ou jantar mais elegante, a cozinha mais divertida, o banheiro charmoso e o quarto com aparência aconchegante e o escritório mais descontraído.


As estampas de animais na decoração podem aparecer com suas tonalidades naturais ou em estilos diferenciados e mais divertido, com versões em cores vivas, mas isso vai do gosto de cada um.

Vale também combinar mais de uma estampa de animal e texturas diferentes no mesmo espaço, mas para isso é preciso ter bom senso na hora da composição para não deixar a decoração muito carregada e cheia de informações.

Como combinar?

Para uma decoração animal print mais discreta ou para acrescentá-la em ambientes em que já existem cores fortes, invista no animalismo de maneira mais suave e combinando com os outros tons. Prefira usar a estampa em detalhes como almofadas, luminárias, abajures, assento de cadeiras, quadros, enfeites de mesa, vasos e caixas organizadoras.

Mas se você gosta de ousar, o animal print pode ser o foco principal da decoração. Invista na estampa em sofás, tapetes, roupas de cama, cortinas, papéis de parede, objetos e até mesmo em móveis, tudo para que a estampa esteja em evidência.

Aposte também na mistura dos bichos e no mix com estampas ou texturas diferentes. Para que a estampa fique em harmonia com o ambiente, ele deve apresentar tonalidades mais neutras e dar destaque apenas no restante dos objetos na decoração.

E aproveitem o meu convite e acesse o site agora mesmo.
LEIA MAIS


Subir

Siga a gente no Instagram @MaeVaidosa