Incentivando as Crianças a brincar ao ar livre

24 de agosto de 2015

Nos dias atuais é uma missão impossível afastar as crianças das paredes de concreto que nos cercam. Com tanta tecnologia à disposição, jogos, canais de TV especializados, celulares e computadores de última geração, brincadeiras restritas, sem falar o medo da violência, nós, pais, nos esquecemos de incentivar os filhos a brincar ao ar livre.

O contato com a natureza é de extrema importância para os pequenos e para nós, mamães e papais. Eu sempre acreditei que crianças crescem mais saudáveis e com o sistema imunológico alto quando entram em contato com a natureza. As crianças aguçam sua criatividade e a busca pelo novo.
Eu tenho o privilégio de morar no paraíso, em Porto Seguro, na Bahia. E incentivo sempre meu filho a brincar com o pé no chão, pisando na areia ou na grama verdinha. Andar descalço nos dias de hoje é uma dádiva de poucos. Todos nós vivemos na correria do mundo moderno e eu acredito que devemos parar e desfrutar com nossa família de dias de sol, curtindo as plantas, flores e o verde.

Eu tenho muito saudade da minha infância – não tínhamos tanta preocupação, brincávamos na rua, subíamos em árvores, colhíamos frutas no pomar, reuníamos a turma para brincar depois da escola, vivíamos no quintal dos vizinhos e todo mundo se conhecia e se divertia juntos.

Mas hoje em dia eu e meu marido temos uma dura rotina de trabalhos e Samuel fica em casa com a babá. Então ficamos garimpando atividades interessantes para que ele possa sair de casa e se divertir durante o tempo que nós passamos todos juntos. Uma das atividades que sempre praticamos é passear de bicicleta pelo condomínio, onde avistamos lindos jardins e a mata atlântica ao fundo. É um passeio refrescante para o calor do nordeste e apreciamos o verde e a natureza.

Domingos de praia são uma divertida rotina aqui em casa. São momentos de interação e diversão de toda a família, passamos o dia inteiro tomando banho de mar, atividade com bola na areia e construção de castelos e piscinas naturais. Sem falar na caça às conchinhas e apreciação dos seres vivos que vivem na areia e dos peixinhos do mar. As aulas de surfe que o papai dá para Samuel são outra oportunidade de ele sentir o toque da água e a movimentação das ondas. Nossa fauna e flora são riquíssimas e eu procuro dar a oportunidade a ele de conhecer e experimentar tudo.
Eu sempre busco resgatar as brincadeiras da minha infância. Quem nunca plantou um feijão no algodão para observar como ele se desenvolve? Atividades como essa incentivam a criatividade e a descoberta por novas invenções. Regar o jardim, plantar uma nova muda de flor, ajudar a mamãe a colher uma cebolinha na horta que temos em casa são tarefas que eu delego a Samuel e ele faz feliz, como se fosse uma brincadeira, mas seu objetivo maior é incentivá-lo a sair da frente do computador e desenvolver sua mente e sua coordenação motora, sem falar no contato com plantas e flores e o estímulo a ter suas responsabilidades desde já. Um grande desejo para as férias é fazer um piquenique em um lindo parque da cidade, já estou pensando nas atividades que vamos fazer e como vou envolvê-lo na preparação dos lanches e da cesta.

Na maioria das vezes eu chego cansada após um dia de trabalho, mas eu descobri que fazer um passeio ou brincar com meu filho ao ar livre não é bom só pra ele, é bom pra mim também, pois o estresse vai embora e nós damos muitas risadas juntos. Eu me sinto renovada para encarar um novo dia. Eu sou uma mãe que trabalha fora, mas tenho um tempo de qualidade com meu filho. Tenho várias programações para fazermos todos em família, alguns projetos já estão em execução: passear pela cidade, buscando lugares com preservação cultural e histórica, conhecer novos parques e bosques. Então minha dica é: saia de casa, movimente-se. Você e sua família serão os maiores premiados com qualidade de vida.
Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Facebook
Comente com sua conta Google+

9 comentários:

  1. As crianças de hoje tem perdido muito, mas depende de nos pais instruir e juntos fazermos ou brincarmos como alguns anos atras. Eu fui menina de brincar de carrinho de rolimã, descia a rua de casa numa velocidade que só. Que saudade!! Hoje esta brincadeira não posso deixar meu filho fazer no mesmo local, mas fazemos ou substituirmos por outras.

    Bjs

    Tânia Camargo

    ResponderExcluir
  2. cada vez mais dificil fazer os pequenos gostarem e quererem estar ao ar livre qndo se tem tantas coisas
    chamando atencao numa telinha de tv ou computador né?
    eu adoro essa oportunidade de poder leva=los ao ar livre. colocar o pe na areia ou na terra.
    lindo!!
    beijos
    boracozinhar-lu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Andreia, que post bacana o seu, hoje em dia só vemos crianças em celulares ou tablets e por aí vai, perderam a noção do que é brincar de verdade, aqui sempre desligo a TV para brincarmos, e é sempre muito legal.
    Bj
    www.blogsemprebelas.com

    ResponderExcluir
  4. Ahhh super concordo, acho que criança tem que brincar ao livre mesmo, nada de ficar "socado" dentro de casa e não ter contato com a natureza, outras crianças !
    Vocês são privilegiados por morar nesse paraíso, mas infelizmente tem crianças que são aprisionadas pelo medo e insegurança que hoje em dia é tão comum !
    Beijocas

    Momento Quality

    ResponderExcluir
  5. Tenho tentado sair mais também e o contato com a natureza me renova.bjo

    ResponderExcluir
  6. sempre que dá , mando o Ali pra rua.... ainda mais aqui, que é tranquilo (ainda)
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Ah eu amo estar em contato com a natureza! Moro em frente a praia, mas como aqui em Floripa está bem frio estou aproveitando pouco a natureza, mas assim que esquentar eu corro para a praia.

    Bjo
    Nessa Luzardo
    www.espacosemprebella.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Andréia, que delícia de post! Me lembrou da minha infância, eu ficava na rua com os moleques rsrsrs andando de bicicleta, ralando o joelho, jogando bolinha de gude. Bons tempos! Pena que aqui em SP não dá pra fazer isso.

    Sempre que posso levo os meus a parques, é uma oportunidade de estarmos juntos, e ainda em contato com a natureza, o que é ótimo.

    beijosssss

    ResponderExcluir
  9. Nossa super importante, era uma coisa tão normal neh?!

    Beijos.

    ResponderExcluir

Eu fico muito feliz com o seu comentário.
Gentileza gera Gentileza.
Deixe o link do seu blog para que eu possa visita-la também.
Andréia Sales



Subir

Siga a gente no Instagram @MaeVaidosa