Adaptação Escolar e Imunidade Infantil

24 de outubro de 2014

Olá Amigas Vaidosas

Hoje eu venho falar sobre a Imunidade Infantil e Adaptação escolar, esse tema deixa muitas mamães em dúvida, por isso estou aqui de coração aberto contando minha experiência.


Quando Samuel nasceu eu voltei a trabalhar muito cedo e naquele momento a melhor opção para a família era ter uma Babá para cuidar dele. E assim ele ficou em casa até os 3 anos de idade com os cuidados de uma pessoa que já fazia parte da família. Ele era mimado e bem cuidado. Eu sempre discuti a questão com meu marido, sobre qual era a melhor idade para que ele fosse a escola e começasse a interagir com outras crianças e ele sempre foi contra. Ouvíamos da pediatra que até os dois anos de idade a criança ainda não tinha todos os anticorpos e sua imunidade ainda não está completamente formada, assim se ele pudesse ficar em casa seria melhor. Sempre ouvi que as crianças que frequentavam a escolinha ficavam doentes toda hora, eram muitos resfriados, dores de gargantas e etc. Então meu marido baseado nessa afirmação dizia que ele deveria ficar em casa até os 6 anos de idade. Criança não tem que ter obrigação e sim ter tempo livre para brincar. 

No início do ano a babá pediu pra sair e não tivemos outra opção senão colocar na escolinha. Fizemos a adaptação dele em horário integral e foi tudo tranquilo. E ai começaram as "viroses", seguidas de resfriados, febres, dores de garganta. Até chegar ao 5 mês de escolinha e ele ter uma Pneumonia.  Uma semana de internação e a mamãe aqui sem chão, sem saber o que tinha acontecido. O porque de tudo aquilo. Ele se recuperou e voltou para escolinha. Ai começaram as cobranças, meus familiares vieram ficar com Samuel, tiraram ele da escola e com muito custo conseguir fazê-lo voltar no segundo semestre após as férias. Um mês após mais uma pneumonia, mais internação, mais sofrimento e eu sem entender o que estava acontecendo, pois ele não estava mais na idade de ter doenças respiratórias, como diziam todos e os pediatras. 

Eu não podia deixar meu filho em uma redoma, eu acreditava no seu aprendizado e queria muito que ele fosse pra Escola, pois ele é filho único, e não tem contato com outras crianças pra brincar. E ao voltar as aulas, duas semanas depois ele tem sua primeira crise de Asma gravíssima, que se não fosse os cuidados da Escola o pior poderia ter acontecido, me ligaram logo e eu pude socorrê-lo a tempo. E mais uma vez ouvi do médico responsável eu não entendo o que está acontecendo. O porque ele tem essas crises respiratórias, pois ele não tem mais idade pra isso, quase 4 anos, já era pra ter passado essa fase, a imunidade dele já deveria estar 100%. Ai vieram todos os medos e insegurança. Mas encontrei no Dr. Celso um grande anjo que me auxiliou nos cuidados com meu filho para que ele se recuperasse logo e foi logo dizendo, se ele tiver mais uma pneumonia vai ter que sair da escola.

E ai como fica o nosso coração de mãe? Eu não quero criar um filho preso em casa, afastado do mundo. Não acredito em imunidade baixa, ele é bem cuidado, esperto e ativo. Nunca tinha ficado doente antes. Fui buscar no começo de tudo, em um parto de 37 semanas onde um pulmão não está todo formado e agora com o contato com outras crianças, está sofrendo um pouco. Requer cuidado e atenção. Sei que esse tempo todo que ele ficou em casa, retardou um pouco a manifestação dessas doenças e o convívio tardio com muitas crianças e todos os tipos de doença o deixou exposto. Mas fui forte, pedi auxílio da escola pra me ajudar nesse processo. Fui contra afastá-lo da escola. Ele ficou com minha mãe durante esse mês e frequentou as aulas normalmente no período na tarde com alegria e entusiasmo. Segui firme e agora ele está bem, voltando a sua rotina e levando uma vida normal.

No meio do caminho encontrei um anjo pediatra plantonista, que me disse, seu filho está bem, não precisa de cuidados especiais. O que acontece é que até os 7 anos de idade eles estão se adaptando ao ambiente em que vivem e cada criança desenvolve um tipo de defesa, umas tem problemas de febres, outras diarreias e vômitos, cada um manisfesta de uma forma diferente e seu filho é mais sensível no sistema respiratório, mas é uma fase e vai passar logo. Isso me deixou muito confiante em saber que estou no caminho certo.

Pedi a Deus com todas as minhas forças saúde pro meu filho e que não aceito de forma nenhuma algo diferente disso. Creio no seu poder de cura e milagres e meu filho está ótimo e nunca mais terá nada.

Tenho orgulho em ter optado por deixar ele na escola, lutar por sua educação. Hoje já faz quarenta dias que ele teve alta e está ótimo. 

Esse relato é para todas as mães que estão em dúvida sobre a idade correta pra ir a escola e sobre o mito das doenças que aparecem nas escolas. O segredo de tudo é dar muito amor aos nossos filhos e passar confiança.
Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Facebook
Comente com sua conta Google+

20 comentários:

  1. Olá...

    Imagino como deve ter sido.
    Mas, é só uma questão de pegar a imunidade.

    O meu pequeno foi com 5 meses, toda hora ficava doente no começo, mas depois passou e hoje é até difícil pegar uma simples gripe.


    Bjs, Pri
    Mãe Sem Frescura
    www.maesemfrescura.net

    ResponderExcluir
  2. Andrea, parabéns pela a escolha, aqui sofremos muito também com Lucas na escola, não foi tão sério quanto do seu filho, mas cheguei ao ponto de pensar em retira-lo da escola e voltar após os 3 anos, ele foi com 1 ano e 9 meses. Mas também fiz uma ótima escolha, tudo passou e ele está feliz.

    beijos
    www.maeparasempre.com

    ResponderExcluir
  3. Bá, quando nossos filhos ficam doentes a gente fica sem chão mesmo. Que bom que ele melhorou e tudo pode voltar ano normal.

    Bjs
    SouMãe.org

    ResponderExcluir
  4. é muito difícil ,mas vocês vão conseguir mante-los na escola
    Deus esta no controle e tudo vai dar certo
    acredito que 3 anos seja
    a melhor idade sim para frequentar a escola

    Linda Noite
    beijokas da Nanda

    Mamãe de Duas
    Google+Nanda

    ResponderExcluir
  5. Essas fases difíceis todas nós passamos.
    E quando eles vão crescendo as fases trocam.
    O segredo realmente é amor e paciência.

    ResponderExcluir
  6. É complicado mesmo, mas superamos com tranquilidade!
    tive três filhos e consegui trabalhar na minha profissão e equilibrar com muito carinho tudo isso!
    bjus e bom final de semana!
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
  7. é não é facil, ja fiz uma vez , da um aperto no peito, daqui a pouco começar denovo, minha pequena vai fazer 3 anos


    Beijos
    Geri Ferreira
    www.encantodemeninablog.com

    ResponderExcluir
  8. Ahhh essa fase é terrível, só quem é mãe sabe a dor e delícia de ser mãe no sentido amplo da palavra !
    Infelizmente se não é nessa fase, será mais pra frente, e assim vai, o bom é que superamos tudo, com muita dor no coração mas superamos !
    E depois quando eles crescem, a gente ainda sente saudade dessas preocupações.... sabia?
    Beijocas

    Momento Quality

    ResponderExcluir
  9. Que difícil amiga, mas tudo passa e est fase já está passado.

    Beijos
    Adri
    www.mamaesfacilidadesedicas.com

    ResponderExcluir
  10. Aqui a escolinha vai dar as caras na nossa vida ano que vem, acho 3 anos uma idade boa por que ele está mais apto a me contar as coisas que aconteceram por lá, aqui ainda não pesquisei, o mais provavel é que ele vá para uma creche por que acho que são coisas diferentes, escolinha, creche...sou leiga hahahaha

    ResponderExcluir
  11. Ano que vem Theo vai pra escola. Sempre quis esperar ate 3 anos, mas ele esta muuuito qtivo. Faco o que posso e o que nao posso com ele. Passeamos pela praia, brincamos no parquinho com os amiguinhos do predio, levo ele na casa das minhas vizinhas que tem bebes. Mas nao esta dando mais. Sinto que ele precisa de mais. Em janeiro ele comeca. Vou sentir na pela essa hisotria toda pela primeira vez.

    bjos
    Mari
    www.clubedafraldinha.com

    ResponderExcluir
  12. Aí que fase díficil, tadinho do Samuel, e como nós mães sofremos! Como o médico disse logo passa! Mas estou com medo, ano que vem Heitor entra na escola!
    Bjos
    Tatty Nunes - Mãe de Primeira Viagem

    ResponderExcluir
  13. Já está decidido. Em janeiro a Larinha começa na escolinha. Vamos começar a procurar. Ai vou passar por essa fase da adaptação. Deve ser bem complicado né? Estou com receio, mas sei que vai ser melhor pra ela!

    Beijos

    http://meus-sonhos-meus-pesadelos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. A imunidade dos baixinhos nos deixa de cabelo em pé né amiga e a adaptação escolar é uma questão de tempo, paciência e persistência!
    Samuel lindão!

    ResponderExcluir
  15. Olha amiga tb ficaria com o coração na mão... mas cada criança reage de um de um jeito. Aqui Joseph foi pra creche parcial com dois anos e apenas o que teve foram resfriados comuns.
    Sou como você tenho preferência que fique na escola/creche para socializar e ter acesso a outras coisas...
    Mas acalme seu coração essa fase logo passará e ele vai superar tudo isso, bjs

    ResponderExcluir
  16. Ainn gente.
    Não gosto nem de pensar nisso!
    Meu Deus... desse ser super complicado de lidar com essa situação.
    Mas tudo vai dar certo lindona... sempre da né?
    Beijos
    CS
    http://blogcarensales.com.br/

    ResponderExcluir
  17. A criança sofre mesmo essa transição..meu filho ainda não foi pra escola, mas tenho amigas que os filhos já estão e a criança nunca ficou doente e quando vai pra escola começa a aparecer as doenças...eu fico com medo pois meu filho nunca teve nada! bj

    ResponderExcluir
  18. Caramba, Andreia, imagino a sua agonia e sofrimento. Fico muito feliz que agora ele está melhor e que está na escolinha, realmente manter um pequeno trancado em casa seria muito ruim você foi uma guerreira!
    Beijos com carinho aos dois

    ResponderExcluir
  19. Que fase hein! O Rafa não teve problemas para se adaptar, já a mamãe aqui até hoje não se adaptou bem
    bjcas
    http://www.estou-crescendo.com/

    ResponderExcluir
  20. Que pena do bichinho ... deve ser uma agonia pra vc amiga .... mas é uma questão de tempo .. tudo vai ficar bem ... boa sorte!

    ResponderExcluir

Eu fico muito feliz com o seu comentário.
Gentileza gera Gentileza.
Deixe o link do seu blog para que eu possa visita-la também.
Andréia Sales



Subir

Siga a gente no Instagram @MaeVaidosa