Hora da Verdade: Escolhendo a Escolinha

7 de janeiro de 2014

Olá Mamães Vaidosas

Agora chegou a hora da verdade estou visitando várias escolinhas, pois Samuel completou 3 anos e já é a hora dele começar a sua alfabetização e seu contato com outras crianças. Aprender a dividir, a realizar tarefas em conjunto com outras crianças, estabelecer regras e limites em grupo. E o mais temido, sair da zona de conforto, do ambiente de casa, do comando da babá. Ampliar seus horizontes e não ficar só na dependência do papai e da mamãe. Enfim, alçar voos distantes e solo.

Mochila Dragon Ball Z Goku da Clio Style

E esse momento na vida dos pais não é fácil. Eu confesso que andei por várias escolas, garimpei seus métodos de ensino, espaço físico, professoras capacitadas, pedagogia e atividades aplicada, capacidade de entretenimento para uma criança em tempo integral, cardápio oferecido, atividades extra curriculares, período letivo, limpeza do ambiente. Enfim um mundo de possibilidades para uma criança de 3 anos.

E tomar a decisão, infelizmente, depende de vários fatores, sendo o mais importante localização e valor da mensalidade. Nem sempre o mais caro é o melhor. Eu ainda não tenho uma decisão tomada, estamos avaliando com cuidado, pois a peça fundamental deste processo é que escolhamos um lugar onde Samuel irá se sentir acolhido e confortável.

É um misto de emoções que nos ronda, vários medos e inseguranças. O que ele vai sentir, como vai se comportar, mas tenho a certeza que vamos encontrar o melhor local para que ele possa começar a sua vida escolar.

E vocês mamães vaidosas, conta pra gente como seu filho iniciou a vida escolar. Nós queremos saber.

Esse foi meu recado de hoje.
Andréia Sales

Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Facebook
Comente com sua conta Google+

11 comentários:

  1. com certeza é um momento bem delicado..meu Paulo não se adaptou na 1ª escola e mudei com 15 dias...na segunda que era especializada em educação infantil menor foi tudo de bom..já Luis entrou bem cedo com 1 ano e 11 meses e foi tenso..quase desisti, mas deu super certo. Desejo paciência, calma e qe consigas fazer a escolha certa!

    ResponderExcluir
  2. A escolha da escola para os filhos não é nada fácil, todas nós queremos o melhor, pois é na escola que a criança vai passar a parte do dia, vai conhecer novos amiguinhos nova professora, tudo isso mexe com a cabecinha da criança, é muito importante a escolha da escola.

    ResponderExcluir
  3. Quando escolhi na época a escolinha, o que me pesou mais foi o lugar que era bem perto da minha casa! E também por conhecer todo mundo. Mães, professores e funcionários. Mas a escola era muito boa pois os pais podiam dar opiniões sobre tudo. Desde o tipo de ensino como também a estrutura da escola.

    ResponderExcluir
  4. Tudo isso é importante mesmo na hora da escolha, eu tive sorte fui através de indicação de uma amiga que ja tinha filha na escolinha e falou muito bem dela graças a Deus deu tudo certo e com voce tambem vai dar.
    http://ivamoraes.blogspot.com
    #clikfb

    ResponderExcluir
  5. Tem que conhecer e perguntar!
    Segurança sempre!

    ResponderExcluir
  6. É muito importante avaliar cada ponto mesmo.
    Com certeza ele vai aprender muita pessoa, conhecer vários amigos.

    ResponderExcluir
  7. amiga vai dar tudo certo e você vai se impressionar
    ainda mais com seu garotão
    linda noite
    Nanda
    beijokas
    Sendo a mãe da Isa e da Gabi
    Google+Nanda

    ResponderExcluir
  8. Nossa, Andreia, viagei aqui...
    Meu 'Diguinho' fez 14 anos, e me lembro bem deste momento! E vou confessar uma coisa: começou na procura pela escola ideal, mas foi mais além... no primeiro dia de aula, a insegurança foi toda minha: se ele ficaria bem, se seria bem aceito pelo grupo, se introsaria, se adaptaria... e ele simplesmente entrou. Me beijou e entrou...ouço o '-Tchau mamãe!' até hj. Ele tinha 01 ano e onze meses, e era muito sozinho, além de eu trabalhar...então o coloquei no prézinho, 'grupamento 1 do maternalzinho, e foi ótimo, no meio do ano ele estava falando 'mais que a boca', comendo melhor, e feliz, com muitos amiguinhos, era lindo ver como se apoiavam, quem chegasse no mesmo horário dava a mãozinha e entravam juntos! Mas o primeiro dia, é inesquecível: ele simplemente se despediu e entreou, olhando tudo, apontando, e nem olhou para trás...eu fui embora chorando. Não sei se feliz (por ele) ou triste, cada vez mais teria que deixá-lo ir, ser menos necessária...é confuso!
    Já com o Arthur (7 anos atualmente) foi muito mais tranquilo. Tem a referencia do irmão (mesma escola, embora em 'mundos diferentes'), foi tudo muito mais tranquilo porque conhecia todo mundo, e ele também!Não que eu não tenha ficado ansiosa, cheia de preocupações e espectativas, mas era um pouco menor que na primeira vez... Enfim, acho que a gente passa pelas espectativas, e tudo mais, não importa quantos filhos tivermos, a forma como vivemos tudo isso é que muda...
    Aproveito para desejar um ano de vitórias e muitas conquistas...um ano abençoado!!!
    Alê
    http://www.divatododia.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Andréia!
    Sei bem como é essa escolha!rs
    Minha filha coloquei na alfabetização aos 2 anos e desde então ela não parou!!!Alça vôos cada vez mais altos!!!! Hj ela tem 5 aninhos ^^
    Optei sempre pela escola integral, pois ela se adaptava melhor!Foi só sucesso!
    Felicidades pra vc!

    #Clickfb


    http://esmaltandopaixoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Tomara que o Samuel se adapte bem à escola!

    ResponderExcluir

Eu fico muito feliz com o seu comentário.
Gentileza gera Gentileza.
Deixe o link do seu blog para que eu possa visita-la também.
Andréia Sales



Subir

Siga a gente no Instagram @MaeVaidosa