Qual é a idade ideal para ir a escola?

22 de abril de 2013

qual a idade certa para ir a escola

Em tempos de nova PEC das Babás e Domésticas me peguei refletindo se já não é a hora de antecipar a ida do Samuel para escola.
E junto vem alguns questionamentos se já é a hora certa de deixa-lo na escolinha, em tempo integral ou meio período antes dos 3 anos.
Qual é a melhor idade para colocar a criança pequena na escola? Será que ele já está preparado para essa nova rotina? Passar pelo conhecido sofrimento dos primeiros dias não será prejudicial para uma criança tão pequena? Será que a decisão que tomei foi a mais acertada para ele?
Em uma conversa franca com a Pediatra dele ela se mostra a favor a partir dos 3 anos de idade, onde ele já está com boa imunidade e passará melhor pelas doenças virais que virão junto com a turminha dele. Em minhas pesquisas dou razação a ela pois tenho vários relatos de amigas que dizem que os primeiros meses são um pouco atordoados pelas viroses, mas logo passa.
Fui buscar algumas informações sobre o assunto e encontrei esse texto da Rosely Sayão:
Já houve um tempo em que muitos profissionais, principalmente da área da saúde mental, não hesitariam em dizer que a melhor idade para a criança ser matriculada na escola seria em torno dos três anos. Aliás, até hoje alguns pesquisadores mantêm tal convicção. O que amparava esse princípio era a crença de que a criança, até os três anos, precisaria apenas do amor dos pais e de cuidados exclusivos para se desenvolver.
Além disso, o aconchego de sua casa e a presença afetiva de pelo menos um parente seriam condições reconfortantes e estruturantes para o início da vida. Sabemos que, com o atual avanço das ciências, é difícil encontrar consensos, mesmo no conhecimento sistematizado. Por isso, hoje não é simples afirmar o mesmo que décadas atrás -nem o contrário. Em resumo: não temos dados que garantam que, para o bom e saudável desenvolvimento da criança, o melhor seja que ela fique dentro ou fora da escola nos três primeiros anos de vida.Isso quer dizer que são os pais que precisam analisar o contexto da vida familiar para fazer uma escolha criteriosa.
O essencial é que os motivos da escolha tenham como referência a criança, e não os próprios pais. Mas o mais importante é que, tomada a decisão de forma sensata e consciente, os pais se sintam seguros dela. Se há um fator que pode atrapalhar a ida da criança à escola na primeira infância é a ansiedade dos pais. Ela é passada para a criança, que percebe que algo não está bem, e isso gera conseqüências em seu humor e em sua possibilidade de desfrutar da nova situação e de desenvolver todo o seu potencial.
É sempre bom ressaltar que a criança sente tudo o que ocorre à sua volta. Claro que ela não consegue nomear os motivos do que sente, mas reage a eles. Desse modo, quando a criança vai para a escola e chora desesperadamente por muito tempo, ela expressa, quase sempre, a emoção ou a resistência que a mãe tem para deixar o filho. É por isso que muitas escolas construíram um período inicial chamado de adaptação. Nesse espaço de tempo, a escola convida a mãe ou um responsável pela criança para acompanhar mais de perto sua iniciação no espaço escolar.
Essa estratégia permite que os pais estabeleçam um vínculo de confiança mais sólido com a escola, porque observam de perto os cuidados que os profissionais têm com as crianças e as atividades que elas realizam e, desse modo, ficam mais seguras com sua decisão. Mãe segura resulta em criança tranqüila e livre para uma boa despedida, não é?
Quando uma criança resiste desesperadamente e com todas as suas forças a ficar na escola, o mais provável é que seus pais não estejam preparados para deixá-la, e não que ela não esteja pronta para esse período de separação.
Se pudermos tirar alguma conclusão a esse respeito, ela é simples: criança menor de três anos pode se desenvolver bem na escola, em casa ou com parentes.
O que importa é que ela seja bem-cuidada, que o ambiente seja rico em afetos positivos e que seus pais tenham confiança nas pessoas que a acompanham.
Aqui achamos melhor esperar o 3 anos e deixa-lo com a Babá em casa.
E vocês qual a experiencia sobre levar os pequenos para a escola?
Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Facebook
Comente com sua conta Google+

28 comentários:

  1. Meu filhote foi pro colégio com 2 anos e nove meses.Ele se adaptou super bem.Tão bem que ao invés de chorar quando chegou, chorou na hora de ir embora pois não queria ir pra casa! rs Ele nem teve fase de adaptação ele ficou no horário completo, na época era das 13 as 17 hs. Bjo

    ResponderExcluir
  2. Dois anos foi a idade média que meus filhos entraram na escola. Antes disso, não me agrada a ideia. Eles se adaptaram bem e sempre foi em regime integral. Prefiro isso a deixar com babá. Na escola eles aprendem, interagem com outras crianças, é bem mais produtivo e divertido para eles, além de ser um dinheiro muito melhor investido, caso a escola seja paga.
    Cabe a cada família analisar o que é melhor para si. Aqui, para nós, foi melhor assim.

    Beijos!!!
    #amigacomenta
    http://crisgms.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Penso como a médica, só ano que vem quando o Isaac estiver com vai para escola, no caso a creche, ja vai estar maior, e como disse com o sistema imunologico melhor para enfrentar as doenças que vem junto com a entrada na escola... Adorei o post. Bjs
    Vivi e Isaac

    ResponderExcluir
  4. também penso assim apartir dos 3 anos
    acho 2 muito pequeno
    há não ser que seja caso mesmo de ter
    que trabalhar e entre a escola e babá
    prefiro a escola
    lindo dia bjs

    http://sermamaepelasegundavez.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. A minha foi com dois e meio,super feliz,ela que pedia para ir a escolinha!Acho que foinahora certa,mas tudo depende da necessidade de cada família!bjs
    Melissa
    http://perolasdabiaemaishistoriasdemae.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Andreia, tenho que descordar do texto! Muitos livros e muitas pesquisas cientificas, principalmente aqui nos EUA, indicam os maleficios de um ingresso muito cedo a escola! Nao gostei do texto pq ela frisa e, mais uma vez, culpa os pais pelo despreparo dos pequenos ao mundo academico. Sinto muito! O que acontece hoje eh que queremos arrumar descupas para a correria do dia dia. EU tenho necessidades de que meu filho fique na escolar em periodo integral e preciso ter a consciencia limpa. Psicologos que limpam a consciencia ganham dinheiro.Essa eh minha opiniao! Ah! entre a escolar e a baba, se ela for de confianca como eu imagino que seja, eu prefiro a baba!bjsss
    Tamy #amigacomenta

    ResponderExcluir
  8. Nossa, esse seu post veio muito a calhar Andreia! Estava balançada em por o Felipe na escolinha agora que estou sem empregada e tendo de dar conta de tudo mais trabalho, mas não tenho coragem não. Acho ele novinho, Por aqui só o ano que vem! Beijos

    ResponderExcluir
  9. Andreia, eu tinha uma babá dos sonhos e se ela continuasse eu te garanto que não colocaria o Murillo na escola antes dos 3 anos, sem sombra de dúvidas. Por irônia do destino, ela peidu para sair, no final do ano passado, Murillo entrou na escola com 2 anos, redondinho, foi dificil a adaptação, por antes da escola, ele passou 2 meses todos os dias só comigo e virou um grude nem com a minha mãe queria mais ficar, bom mas depois da escolinha em uma semana ele começou a falar mais, ser mais interativo e tudo mais, não sei se foi só pela escolinha ou idade, mas ele se desenvolveu muito mais!!! Incrivel de ver!
    Beijos Ca
    #amigacomenta

    ResponderExcluir
  10. Oi Andreia,
    essa é uma decisão difícil.Mas eu amei o seu post.
    A escola é ótima para o desenvolvimento da crianças, convivência, alimentação e tudo mais.O início é difícil mas depois é só alegria.
    Beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Minha filha começou a ir com 2 anos duas tardes por semana, escolhemos uma escolinha que não enchesse ela de conteúdo pois achamos que é cedo. Foi mais por que eu precisava de ter essas duas tardes p/ resolver minhas coisas e ir em médico e tals.
    Bjs
    #amigacomenta

    ResponderExcluir
  12. Em tempos de PEC das domésticas tudo muda. Minha primeira filha teve babá até os 3 anos, sendo que com 2 começou a ir 2x por semana na escolinha. Mas meu bebê está com 7 meses e no momento estou em casa com ele, mas me pergunto, se eu arranjar um emprego se teria condições de bancar a babá com essas mudanças da lei.

    bjos,
    #amigacomenta
    www.mamaeneura.com

    ResponderExcluir
  13. Tudo depende da realidade de cada família...se pudesse trabalharia meio período e ficaria eu pessoalmente com meus filhos a outra metade do dia...mas nunca foi cogitada tal situação..então sempre ficaram com babás e agora estão na escolinha integral....sou super a favor das duas coisas: se pudesse o ideal seria deixar meio período na escola e meio período com a babá..pois eles não ficam tão cansados e aproveitam o seu cantinho no lar...mas em tempos de pec...a escola será a melhor solução e posso dizer que meus filhos saem do carro de manhã sem me dar tchau de tão empolgados que ficam tãoao ver a escola...se precisar de mais dicas estou a disposição....um grande bj Camila Mamãe Viver Bem Bom

    ResponderExcluir
  14. Aqui foram com dois anos, meio período, mas não tenho uma concepção definida sobre o assunto, cada caso é um caso né? Acho babá uma ótima opção, mas nem todos conseguem encontrar alguém de confiança né? beijo querida
    #amigacomenta

    ResponderExcluir
  15. Oi, Andreia.

    Só terei cinco meses de licença maternidade e, se nada diferente acontecer até lá, vou preferir deixar minha bebê no berçário do que com uma babá em casa. Acho mais confiável do que ela ficar sozinha com uma pessoa estranha dentro da minha casa. Dá um aperto no peito de qualquer jeito, mas, se a gente tem que fazer uma opção, né? E acho que ir cedo para a escola é bom. A criança cria resitência logo, convive com outras crianças, se desenvolve melhor... Vamos ver como vai ser até lá, né? Beijos!

    http://casacozinhaefraldatrocada.wordpress.com

    ResponderExcluir
  16. Oie. Antes de mais nada, obrigada pela visita lá no meu blog, adorei :)
    Sobre essa assunto escola, estou passando por uma fase decisiva: talvez a babá da minha filha tenha que sair, pois tá querendo ir pra outra cidade, e aí acho que a saída será mesmo a escolinha.
    Sempre disse que não teria problemas de mandá-la pra escola, mas de uns tempos pra cá acho que preferiria esperar mais um pouco, até peeelo menos o ano que vem (ela está com 1 ano e 7 meses agora).
    Ela fica muito bem com a babá em casa, a babá adora a Clara e a Clara adora ela também. Dessa forma fico super tranquila, já que trabalho o dia todo fora e o marido só vem de final de semana.
    Mas, se não houver outro jeito, também acho que ela vai se adptar bem à escolinha. As viroses e doenças são mesmo um problema pelo que eu ouço falar, mas tb acho que logo o organismo das crianças aprendem a se defender..rs
    Bjos
    Mari
    http://caderninhodamamae.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Por aki observamos cada um. O Nanni foi para a escola com 1 ano, não ficou doente, se adaptou suprbem e foi importante para seu desenvolvimento, ele só fica meio periodo. Ja a Manu pretendo coloca-la com 3 anos, pq ela é muito insegura e desconfiada por tanto o desejo de ir a escola vai ter q vir dela para não construirmos um caos.
    Outro ponto é a escola escolhida, acredito q para cada criança exista a " melhor" escola, q nao se avalia por ranking, com o Nanni escolhemos a certa,mas ficaremos atentos para ver se ela tambem é a melhor para a Manu.
    Bjs

    Mari
    #amigacomenta
    http://maricriando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Independente de PEC eu acho que essa decisão dev ser baseda no estilo de vida da família, nas suas próprias convicções. Eu particularmente não sou adepta das babás, na minha vida não existe lugar para elas, já a escola tem um lugar garantido no meu coração, independente das viroses! :)
    Andreia, falei sobre como deve ser feita essa escolha lá no blog dá uma olhada, quem sabe não te ajuda? http://personalbebe.blogspot.com.br/2012/08/creche-ou-baba-eis-questao.html
    Beijo
    Débora
    #amigacomenta
    www.personalbebe.com.br

    ResponderExcluir
  19. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  20. Aqui em casa meu mais velho foi para a escola 3 meses antes de completar 2 anos e foi uma experiência ótima,ele se adaptou super bem, largou a fralda começou a falar com mais precisão e não teve problemas com possível doenças. Minha mais nova acabou de completar 1 ano e penso em ano que vem colocá-la na escolinha tbm, ela terá a mesma idade do meu mais velho quando iniciou vamos ver se ela reagirá tão bem quanto ele. Pra mamães que trabalham a minha opinião é q as crianças que vão pro colégio mais cedo se tornam mais independentes e sociaveis mas estão suscetíveis tbm a má educação de outras crianças.

    ResponderExcluir
  21. Com a minha filha foi um pouco confuso. Aos 4 meses ela ficou com babá ( na casa da babá e não na minha) aos 10 saiu a vaga na creche, antes de completar um aninho eu fui mandada embora do serviço e mudamos de casa, resultado: saiu da creche. Agora, com 1 ano e 5 meses, fico com ela em casa e pretendo continuar assim até ela completar 2 aninhos. Aos 2 quero matricular numa creche particular meio período, depois com uns 3 aninhos acho que a vaga na pública ja saiu.
    Se as coisas fossem como eu queria, teria parado de trabalhar, ficaria em casa com ela até 2 ou 3 anos e depois colocaria na creche pública.

    ResponderExcluir

  22. Acho legal quando a criança já sabe falar!





    lm_reis@zipmail.com.br

    ResponderExcluir


  23. Depende das condições da pessoa!




    lm_reis@zipmail.com.br

    ResponderExcluir
  24. O meu foi no mesmo Ano que ia completar 3 anos
    foi muito bom!
    ele se adaptou rapidamente

    ResponderExcluir
  25. Acho que é uma idade certa a não ser que a
    mãe precise trabalhar e tem que colocar mais cedo.

    ResponderExcluir
  26. Se a criança puder ficar com os parentes seria muito bom! Mas se os pais tem que trabalhar e não tiver quem tome conta deles, aí o jeito é por na escolinha!

    ResponderExcluir
  27. vejo tdos essas conversas fico mas comfiante meu filho ves 4aninho no começo de.dezenbro do ano passado esse ano ele foi pra escolinha. num tem nem um mes. acho q ele vai. se atpita bem

    ResponderExcluir
  28. vejo tdos essas conversas fico mas comfiante meu filho ves 4aninho no começo de.dezenbro do ano passado esse ano ele foi pra escolinha. num tem nem um mes. acho q ele vai. se atpita bem

    ResponderExcluir

Eu fico muito feliz com o seu comentário.
Gentileza gera Gentileza.
Deixe o link do seu blog para que eu possa visita-la também.
Andréia Sales



Subir

Siga a gente no Instagram @MaeVaidosa