Independência e separação

17 de agosto de 2012



Um ano e oito meses se passou e vejo tantas mudanças.
A principal delas é a independência.

Samuel a cada dia que passa está mais inteligente, aprendendo novas coisas.
Conquistando novos espaços.

Entendendo de uma forma que me preocupa tudo que se passa.
O fato da mamãe e do papai sair pra trabalhar o deixa triste mas logo ele esquece e vai brincar.

A chupeta ele jogou fora a um mês e não pediu mais, simplesmente esqueceu dela.

Quando chegamos em casa vem o abraço carinhoso ou não, tem dias que não larga a brincadeira pra beijar a mamãe. Tem horas que do nada vem e me dá um abraço delicioso e beijos calorosos.
Já sabe o que quer, pede o quer comer e beber. E quando quer passear na rua.
Agora o próximo passo é iniciar o desfralde e deixa-lo comer sozinho.

É isso mamães, ele está crescendo, deixando de ser meu menininho e isso assusta.
 

 

Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Facebook
Comente com sua conta Google+

13 comentários:

  1. Hahahaha que graça! Crianças tão pequenas, mas que já mostram os traços de sua personalidade, né?! E cada descoberta com eles é uma delícia! ;)
    Beijo, beijo e parabéns!
    She

    ResponderExcluir
  2. Como diz minha mãe: isso é só o começo, ainda tem muitas coisas boas e lindas por vir ;)

    beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi comadre! Uma surpresa atrás da outra assusta mesmo. É tudo tão rápido que quando a gente começa a digerir uma fase, eles estão mudando para outra. Mas é um medo gostoso demais de se viver, não é não!! Beijos e mais que lindo fim de semana!

    ResponderExcluir
  4. Passa tão rapido né!! Fica dificil acreditar que aquele bebezito já é um moçinho oun que por sinal um fofo!!
    Bjoos

    http://annabeatrizrafaela.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Que belezinha de menino e qta evolução em largar a chupeta sem se importar!!
    Bjus, Genis ♥

    ResponderExcluir
  6. Oi Andréia!
    O tempo passa mesmo muito rápido, eles crescem e vão se tornando muito independentes. É a vida, mas nós ficamos como bobas às vezes, achando que eles vão ser nossos eternos bebês...rsrsrs. Agora dá pra entender perfeitamente os nossos pais, não é mesmo?
    Andréia, o Samuel tá lindinho demais.
    Beijos amiga e um abençoado final de semana.

    ResponderExcluir
  7. O meu tem 10 meses e ainda é um grude comigo e adoro. Sei que quando ele crescer e querer ser independente vou sofrer tb...Adorei seu blog e estou te seguindo. Me segue de volta? http://matheusmeucoracao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Amiga...assusta mesmo.....cada dia aprendem algo novo, descobertas....e ao mesmo tempo que assusta me deixa feliz.......queria parar o tempo........bjusss

    ResponderExcluir
  9. Oi Andrea! Aiii, passa tãão rápido né?
    Ao mesmo tempo que ficamos felizes com o desenvolvimento deles, sentimos falta dos bebezinhos que eles foram um dia.... bjs Camila

    ResponderExcluir
  10. Andreia a diferença aqui é que a chupeta nunca existiu.. Mas a frase do momento é "num qué"...rsrsrsrsrs

    Já impõe suas vontades.. Mas é lindo de ver a evolução..

    Beijocas e saudades daqui... :)
    Carol

    ResponderExcluir
  11. é passa voando, um dia eles são pequeninos e parece que num piscar de olhos não tem mais aquele bebezinho e já um 'homenzão'
    mas cada fase é uma delicia,aproveite ..

    Beijos Mi Gobbato
    http://espacodasmamaes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Que lindo que o Samuel esta...bjus das Mamães

    ResponderExcluir
  13. é assusta... mas o curso natural da vida... sorte aí com seu rapaz! bjos

    ResponderExcluir

Eu fico muito feliz com o seu comentário.
Gentileza gera Gentileza.
Deixe o link do seu blog para que eu possa visita-la também.
Andréia Sales



Subir

Siga a gente no Instagram @MaeVaidosa