Mamãe vai trabalhar e volta já

12 de março de 2012

Eu confesso que está cada dia mais difícil sair de casa.
Ver aquele rostinho sério, olhando o carro se afastar e o portão da garagem se fechando está ficando dolorido.
 
O que antes era brincadeira, uma chuva de mandar beijos e dar tchau agora está se transformando em apreensão. 
Samuel já está entendendo o que acontece e já percebe que vai ficar em casa com a vovó.
Graças a Deus que ainda tenho a vovó aqui por perto. Senão não sei o que seria de mim.

E então lá vai pesquisa para saber conviver com o assunto e deixar Samuel o mais a vontade possível e passar por isso de uma forma tranquila.

Então encontrei a Inês Castro e o Livro Mamãe Vai Trabalhar e Volta Já
As mulheres querem fazer carreira e, claro, querem ganhar dinheiro. Mas continuam querendo ser mães. A quantidade de culpa que essa dobradinha provoca não é pequena. 

O livro mostra como evitar que a profissão "atropele" a maternidade e vice-versa. Conta também histórias reais de mães que conseguiram dar a volta por cima depois de muitas crises e apresenta soluções - às vezes muito simples - para fazer a vida de mãe e profissional dar certo. Com um texto divertido e, muitas vezes, bastante emocionado, ela mostra que carreira e maternidade não precisam ser inimigas. Ao contrário: quando andam de mãos dadas fazem das mulheres vencedoras imbatíveis. 

Espero logo e ansiosa a chegada da hora de ir pra Escolinha.
Pois ai o garotão vai sair com a mamãe e chegará uma nova etapa. Deixar ele na Escola e ir embora.
Somos mães e cada hora vão mudando as perspectivas e creio que darei conta do recado. 

E que venha a próxima fase !!!
Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Facebook
Comente com sua conta Google+

22 comentários:

  1. Sei bem como é. Na fase da escola será melhor... Cris

    ResponderExcluir
  2. Olha tá aí uma coisa que eu bato palmas pras mães que saem pra trabalhar, seja por gosto, por necessidade, eu não daria conta, morro de dó do Mi qd to cheia de encomendas e o tempo com ele fica mais escasso, isso pq estou em casa(não que seja mais fácil também, tem lá seus contras).
    Mas deve ser difícil demais sair e deixá-lo né?
    Mas tenho certeza que a volta pra cas é sempre uma grande alegria.
    bjs e boa semana

    ResponderExcluir
  3. Olá querida com certeza quando ele estiver na escolinha , você ficara menos apreensiva. Como vc disse ainda bem que tem a vovó , assim ele ten o carinho dos mais velhos , coisas que algumas crianças não recebem. Tenho certeza que dará tudo certo. Super bjs

    ResponderExcluir
  4. Dói demais precisar deixar os pequenos...mas faz parte e não tenho dúvidas de que maternidade e carreira andam juntas sem problemas...com o tempo as coisas vão melhorando...

    bj

    ResponderExcluir
  5. Posso imagina como dever ser triste, espero que com o tempo ele intenda melhor.

    beijinhos flor ♥

    ResponderExcluir
  6. Adorei a dica de livro!!! =D
    Dá mesmo uma dó.. e um aperto no coração saber que a Lara vai me procurar no quarto e não vai me achar!!!

    ResponderExcluir
  7. É muito triste ver a carinha de tristeza dos pequenos. Por aqui tem dias que a Sophia chora quando o papai sai, outras chora quando a deixo em casa simplesmente para ir até a padaria, muitas vezes já voltei e a levei comigo.
    Sinto essa dor quando a levo pra escola, ela faz a mesma carinha, como se estivesse perguntando porque você vai me deixar, depois ela fica numa boa, mas o coração fica apertadinho, mas precisamos ser forte.
    Beijos e que tudo se resolva logo por ai.

    ResponderExcluir
  8. Que legal esse livro...deve ser muito bom mesmo!!!
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  9. Pois é eu parei de trabalhar fora, mas continuo trabalhando e agora dentro, dentro de casa, que nem uma louca, kkkkkkk
    Meus dois filhotes vão pra escola no turno da tarde e apesar de sobrar mais tempo pros meus trabalhos virtuais e domesticos, confesso que espero anciosa a hora de busca-los na escola.!!!!

    bjocs e até semana que vem, donamaricota

    ResponderExcluir
  10. Não é facil...
    O livro é uma boa dica!!!
    E que venha a proxima fase...
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Ah querida que dozinha!! Nada facil sair e ver nossos pequeninos chorando! Imagino a vontade que deve dar de ficar.rsrsrs...
    beijos
    www.jeitinhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Sei que dará conta do recado, rs.
    Ótimo livro!!
    Realmente não é fácil

    E que venha a nova fase né?

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Querida, adorei a dica!!!!
    Eu saio e deixo a Giovana na escolinha e tmbém busco ela, com certeza será mais fácil quando chegar nessa etapa.
    Com certeza vou ler este livro

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  14. é o que penso. Cada fase é uma fase. Não adianta reclamarmmos ou aplaudirmos a fase em estamos, porque ela passa e logo virá outra. O negócio é sabermos lidar com cada fase em que estamos vivendo (assim ficamos menos ansiosos e menos estressados com tudo que acontece). espero que seu pequeno entenda que você sai para trabalhar, mas volta para os braços dele. bjs.

    ResponderExcluir
  15. Andréia, por isso optei por trabalhar meio período. A medida que JM ia crescendo, percebi o quanto precisava de mim...
    Aí na sua cidade não tem uma escolinha meio período, pelo menos, pra idade dele?
    Bjus ♥

    ResponderExcluir
  16. Déia, vivo isso na pele, mas só na hora do almoço, mas ja corta o coração, logo que chego pra almoçar Rayssa senta no meu colo e só sai aos choros. Pensava comigo que a medida que eles cresciam não se apegavam conosco, mas me enganei totalmente, o Victor entende mais. Vamos dar conta sim amiga. Beijos
    Cléo

    ResponderExcluir
  17. Realmente não deve ser fácil... eu estou me desdobrando para conseguir trabalhar em casa, principalmente por não ter com quem deixar o Dudu de confiança e a creche ser muito cara por aqui... Mas acredito que seja inevitavel passar por isso daqui um tempo também... beijos e força que no final tudo dá certo é apenas uma questão de adaptação...

    ResponderExcluir
  18. Nossa, que sorteio legal!! Vou tentar participar!!
    Quanto ao post anterior, imagino que não seja fácil sair pra trabalhar e deixar o pequeno dando tchau.
    Eu parei de trabalhar quando engravidei de Bebel. E só voltei a trabalhar, pela manhã, quando ela foi pra escolinha com 2 anos e 4 meses, no mesmo turno que eu. E trabalho com o maridão, na empresa dele. Daí é muito tranquilo. Precisando, eu falto mesmo!! kkkkkkkk...
    Bjos!
    Juliana Almeida
    www.blogdabebel.com.br

    ResponderExcluir
  19. Posso ser sincera.... acho que existem coisas que é melhor não pensar muito senão a gente não faz, trabalhar fora é uma dessas coisas! Se a gente fica se preparando e pensando e planejando não conseguimos trabalhar! Minha opinião! Eu só consegui porque foi tudo muito rápido, se tivesse estudado e planejado, com certeza seria aquele sofrimento e não teria conseguido!

    Beijooos, Má
    www.monmaternite.com

    ResponderExcluir
  20. Ai Andreia,eu bem sei o que é isso..eu voltei a trabalhar super na boa,mas quando Helena completou 2 anos deixou de ser bom pra mim sabe? a vontade de estar com ela só aumentava e o trabalho já não me dava o prazer de antes,acho que foi a junção de tudo que me fez tomar a decisão mais radical da minha vida,abandonar o emprego...
    Claro que tenho uma estrutura boa o que me ajudou e muito nessa decisão,mas eu não poderia estar mais feliz e completa!!!
    Beijos
    Kaka

    ResponderExcluir
  21. Oi Andreia!

    Nossa amiga estou passando por isso, voltei a trabalhar a um mês e tem hora que acho que não vou dar conta de casa, marido, bebê, do serviço ... minha vida mudou muito... antes só filha e esposa, hj me multipliquei!! ás vezes me sinto tão sozinha acho o que não me deixou cair em uma deprê enorme foram vocês e o Pietro meu bebê... pq é panque nossa vida de mulher né!! Fora tdo isso temos que estar lindas, atualizada, informada, manter a casa limpa, jantar... nossa eu piro! precisava desabafar! uff haha... mais toda vez que vejo meu bb tdo isso faz valer a pena.

    Mudei o nome do meu blog me visite

    maesconectadas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Que interessante, eu não tenho de ir trabalhar, mais já tive e sei que não é fácil.
    Boa sorte, bjks

    ResponderExcluir

Eu fico muito feliz com o seu comentário.
Gentileza gera Gentileza.
Deixe o link do seu blog para que eu possa visita-la também.
Andréia Sales



Subir

Siga a gente no Instagram @MaeVaidosa